Acusado de passar cheques sem fundo em mais de R$ 200 mil, presidente da Câmara renuncia no Sertão

289
O presidente do Poder Legislativo de São João do Rio do Peixe, Sertão da Paraíba, Francisco Cleite Pereira, conhecido por “Côca de Zé Deó”, renunciou ao cargo, após denúncia de repassar cheques sem fundo do Legislativo para Agiotas.
As contas da Câmara Municipal foram todas bloqueadas pelo Tribunal de Contas do Estado, após o caso ser de conhecimento público.
Nesta sexta-feira (21), o primeiro vice-presidente, Antônio Luiz de Sousa, “Toinho do Gravatá”, o primeiro secretário, Luiz Claudino tomaram posse, após reunião extraordinária do Legislativo.
O ex-presidente, “Côca de Zé Deó”, foi reeleito, mas a denúncia chegará ao conhecimento da Justiça Eleitoral. Há indicio que os cheques sem fundo teriam servido para em tese beneficiar sua campanha eleitoral. Caso comprovado for, “Côca de Zé Déo” perderá o mandato, e haverá mudança na composição do Legislativo de São João do Rio do Peixe até Janeiro de 2017.
Redação
@ReporterPB

Essa notícia já foi visualizada: 586