Ausências de nomes conhecidos da música São-Bentense e falta de apoio as quadrilhas juninas marcam o inicio do Arraiá Cultural Balançando a Rede em São Bento -PB.

824

A cidade de São Bento, Sertão Paraibano, inicia suas festividades juninas fora de época nesta Quarta – Feira(11).

Com formato diferente, o Arraiá cultural balançando a rede, como é intitulado o evento promovido pela prefeitura municipal, vem dando o que falar nas redes sociais e nas conversas entre amigos. Tal fato se dá pelas atrações anunciadas há uma semana do inicio das festas matutas. Com o pretexto de contenção de gastos, o prefeito Jarques Lúcio(DEM), decidiu fazer o evento com bandas de pouca expressividade, interrompendo um ciclo de tradição, que era de oferecer aos munícipes bandas de renome regional e nacional, que atraía turistas para a cidade aquecendo a economia local e criando empregos informais. Para não passar em branco a festa tradicional, o gestor resolveu promover os quatro dias de festas com os pratas da casa, forró pé de serra e apresentação de quadrilhas matutas

Entretanto, o povo sentiu falta de artistas São-Bentenses que fazem sucesso a nível regional, tais como Roberto Vaneirão e João André. Como se não bastasse a contenção de gastos com bandas, o prefeito negou apoio financeiro para as quadrilhas juninas da cidade, fato que não tinha acontecido em anos anteriores, gerando assim descontentamento por partes dos simpatizantes das festas matutas na terra das redes, que se negaram a participar das apresentações que estavam marcadas para acontecerem no pátio do arraiá balançando a rede.

Nossa reportagem entrou em contato com o coordenador de cultura, Márcio Gulino, que ratificou o que foi dito pelos integrantes das quadrilhas matutas,” a prefeitura não pode contribuir com nenhum valor em dinheiro, mas que teria sido ofertado outro tipo de ajuda que foi rejeitado pelos líderes que participaram de uma reunião comigo,”disse Márcio Gulino.

Na contramão do que foi dito pelo coordenador, um representante do arraiá das estrelas, disse que até um ônibus teria sido negado para transportá-los de São Bento a Brejo do cruz para uma apresentação de quadrilhas matutas.

Danilo Ferreira

Essa matéria já foi vista 667