Defesa pede prisão domiciliar de Fabiano Gomes após piora do estado de Saúde; Veja

71

A defesa do empresário Fabiano Gomes solicitou o pedido de prisão domiciliar ao Tribunal de Justiça da Paraíba nesta semana. O pedido foi feito devido à situação de saúde do empresário.

Em entrevista coletiva concedida na manhã desta quinta-feira (13), o advogado Gustavo Botto, que cuida da defesa do empresário, explicou que Fabiano possui um quadro depressivo muito grave, além de diabetes avançada. Como o sistema penitenciário não consegue atender adequadamente o empresário protocolou o “pedido de prisão domiciliar para que ele possa receber o atendimento de saúde necessário”, como explicou Gustavo Botto.

O advogado de defesa ainda revelou que existem laudos médicos que constatam a situação de risco dele, além de haver pedidos de internação de Fabiano Gomes. Segundo Gustavo Botto, ele já foi atendido cinco vezes pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) dentro do presídio.

Atualmente, o empresário apresenta ainda feridas nos pés, o que pode ser perigoso devido à sua condição de diabético. “O presídio não oferece nenhum suporte para isso aí. Qualquer pessoa que estivesse nessa situação não poderia ter o atendimento que é justo”, ponderou Gustavo Botto.

Fabiano encontra-se em um setor isolado dos demais presos, denominado de Regime Disciplinar Diferenciado (RDD). De acordo com Gustavo Botto, trata-se de um “regime que sequer tem banhos de sol, cela isolada sem contato nenhum. Isso tem agravado a situação psicológica e de saúde física”.

O pedido de prisão domiciliar está sendo apreciado pelo Ministério Público para poder seguir para o julgamento no Tribunal de Justiça da Paraíba.

Dois pedidos de habeas corpus tramitam atualmente no Supremo Tribunal Federal (STF) e no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para que Fabiano possa responder em liberdade. Esses pedidos sustentam a falta de necessidade da prisão, já que ele não apresenta perigo à sociedade. Com ClickPB

 

Repórter PB
ESSA MATÉRIA JÁ FOI VISTA