Entrevista com Jullys Roberto após as eleições 2018

180

O deputado estadual Jullys Roberto (MDB) concedeu a sua primeira entrevista após as eleições 2018, foi na Solidária FM no Jornal A Hora do Almoço, quando explicou situações que ocorreram na sua campanha eleitoral que ocasionaram a não reeleição do seu nome.

JR contou detalhes, vejam: “Eu não me arrependo de ter ficado ao lado de Zé Maranhão, e isso foi bem tranquilo porque apesar de eu ser aliado de Ricardo Coutinho na Assembleia, eu fui chamado por ele e orientado a ficar no MDB”; comentou. Jullys também disse que sua campanha foi trabalhada desde o início do ano, e as dificuldades surgiram após a chegada do período oficial de candidaturas; “Foram uma pancada atrás da outra, morte de minha tia, depois a retirada de apoio de dois municípios como Mari e Piancó, por ordem do governador e isso fiquei sem entender, pelo que já disse, e pra finalizar o deputado Márcio Roberto que ficou doente em plena semana decisiva onde ficamos em João Pessoa acompanhando até porque saúde é mais importante que tudo”; resumiu.

Jullys disse também que houveram erros em São Bento, que serão analisados, mas que hoje não resta nenhum problema a não ser aprendizado. O deputado disse que pro futuro já recebeu convites, sem detalhar tanto, mas disse que mesmo sem mandato vai seguir na vida pública por sua cidade.

“Nossa casa sempre estará aberta pro povo”; contou. Jullys ainda parabenizou pela eleição do seu adversário de urnas, Galego Souza (PP) e lembrou que com a sua derrota São Bento perdeu uma cadeira na ALPB, lembrando que GS também disse isso.

Em 2014 Roberto também ficou na suplência, mas durante um período de dois anos passou a maior parte do tempo ocupando cadeira na Assembleia Legislativa, na situação de 2019 ele tem dois colegas que possam se ausentar para assumir a titularidade, Caio Roberto (PR) e Raniery Paulino (MDB), o são-bentense disse que conversará isso só ano que vem.

Mais São Bento com Clinton Medeiros

Essa matéria já foi vista 885