Homem é preso suspeito de manter família em cárcere privado

283

Um homem foi preso, na madrugada desta terça-feira (27), no município de Araçagi, Brejo paraibano, a 90 quilômetros de João Pessoa, suspeito de manter a esposa e o filho deles, de seis meses, em cárcere privado, além de amarrar e ameaçar ferir a mulher.

Leia também: Preso suspeito de manter mulher e filho por cinco anos em cárcere privado

Conforme o delegado Severino Gomes, da Polícia Civil em Guarabira, na noite dessa segunda-feira (26), o suspeito amarrou a esposa em uma cadeira e não permitiu que ela tivesse contato com outras pessoas. Além disso, ele ameaçou feri-la ou ferir o filho deles.

Porém, horas depois, já na madrugada desta terça, a mulher conseguiu se soltar, saiu de casa e acionou a Polícia Militar. Ao chegar ao local, os policiais pediram que o suspeito entregasse a criança e se rendesse, mas ele abriu o portão e conseguiu correr levando o menino nos braços, mas tropeçou e caiu em seguida.

Após a queda, os policiais conseguiram resgatar o bebê e prender o homem. Ao Portal Correio, o delegado afirmou que, durante depoimento, o suspeito aparentou estar com problemas psiquiátricos, já que não explicava o que havia feito.

“Durante o interrogatório, ele não falava coisa com coisa. Disse que havia deixado esposa e filho em cárcere privado porque alguns homens estavam querendo pegá-lo. Isso explica nada e decidimos indiciá-lo por cárcere privado, ameaça e maus tratos a esposa e ao filho e também na Lei Maria da Penha”, afirmou o delegado.

Após ser ouvido, o suspeito foi encaminhado à Penitenciária João Bosco Carneiro, em Guarabira.

portal correio

ESSA MATÉRIA JÁ FOI VISTA 201