Inelegível: Justiça Federal indefere pedido e Galego Sousa está impossibilitado de registrar candidatura

228

A Justiça Federal indeferiu o pedido de tutela provisória de urgência do deputado estadual Galego Sousa (PP) que possibilitaria o registro de sua candidatura à reeleição nas eleições deste ano. Galego foi condenado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) por irregularidades em prestações de contas durante a sua gestão à frente da Prefeitura de São Bento.

Com isso, o parlamentar fica praticamente impossibilitado de se candidatar nas eleições de outubro, em virtude da inelegibilidade.

Na decisão, o juíza federal Adriana Carneiro da Cunha Monteiro Nóbrega alega “falta de amparo legal” no pedido.

Veja o documento:

Blog do gordinho

Essa matéria já foi vista 1487