Jakson Macêdo, presidente do diretório estadual do PT na Paraíba, comemorou a decisão “é uma vitória da democracia, é uma vitória do PT”

74

O ex-ministro José Dirceu teve um pedido de habeas corpus aceito pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) e deverá ser solto. A decisão reacendeu os ânimos petistas em relação, principalmente, a uma definição em relação a Lula.

Jakson Macêdo, presidente do diretório estadual do PT na Paraíba, comemorou a decisão e em entrevista ao ClickPB declarou que “é uma vitória da democracia, é uma vitória do PT”. Ele acredita ainda que a nova decisão deve influenciar uma futura decisão sobre o pedido de Lula de responder ao processo em liberdade.

O ex-presidente Lula aguarda a decisão do plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) para saber se o seu recurso sobre um novo pedido de liberdade será julgado pela Segunda Turma.

A principal justificativa usada pela defesa de José Dirceu é a de que não se pode cumprir pena antes de um processo ter tramitado em julgado. Esta também é a hipótese defendida pela defesa de Lula. Como Jackson defende, “ninguém pode ser preso em condenação de segunda instância. A prisão é só depois que o processo tramita em julgado”.

Jackson considera que “o que está acontecendo com Lula está claro e caracterizado que é uma perseguição política ao presidente”.

Clickpb

ESSA MATÉRIA JÁ FOI VISTA 330