Justiça cassa mandato do prefeito e vice-prefeito de Santa Helena; Emmanuel diz que decisão é “injusta”

126

O juiz da 37ª Zona Eleitoral de São João do Rio do Peixe, Sertão da Paraíba, Abílio Tomaz cassou nesta sexta-feira (8), o mandato do prefeito da cidade de Santa Helena, Emanuel Messias (PSD) e do seu vice, João Cléber (PSDB).

A ação foi movida pela ex-candidata a prefeita do município, Maria do Socorro Félix Rolim (Corrinha – PMDB), alegando compra de votos nas eleições de 2016.

O prefeito encaminhou nota à imprensa afirmando que vai recorrer da decisão, que disse ser “injusta”. Emmanuel Messias ainda tranquilizou a população e afirmou ter sido reconduzido a prefeitura através de “uma campanha limpa e transparente”.

Veja a nota
O Prefeito Constitucional do município de Santa Helena, Emanuel Messias, vem de público se pronunciar a respeito de uma decisão da justiça eleitoral de São João do Rio do Peixe, no instante que tranquiliza todos seus amigos, eleitores e correligionários.

Respeitando a decisão, porém, reiterando que exercerá o seu direito de buscar a revisão da injusta decisão por meio de recurso, permanecendo no cargo pelo qual foi eleito legitimamente pelo voto democrático, livre e independente do povo de Santa Helena, que por maioria expressiva a população reconheceu o seu trabalho e o reconduziu a prefeitura em uma campanha limpa e transparente.

Renovo a cada dia o meu compromisso de continuar trabalhando incansavelmente por essa terra que tanto amo, buscando o melhor para esse povo querido e tendo convicção de que os frutos são nítidos ao ponto de vivermos uma Santa Helena de progresso e desenvolvimento.

DIÁRIO DO SERTÃO

ESSA MATÉRIA JÁ FOI VISTA 347