Laudo confirma suco de caixa envenenado na PB

134

O laudo emitido pelo Instituto de Polícia Científica (IPC), nesta segunda-feira (31), comprovou que o suco industrializado ingerido por uma criança, em Lagoa Seca, estava mesmo envenenado. Ainda não foi esclarecido, porém, se o envenenamento ocorreu de forma proposital o por acidente, o que será investigado pela Polícia Civil.

De acordo com a chefe do laboratório do IPC em Campina Grande, Raquel Azevedo, as análises foram feitas na caixa do produto consumido pela criança e em outra do mesmo lote, mas que estava lacrada. No suco ingerido pela criança foi encontrado o pesticida carbofuran.

Após ingerir o suco, a criança passou mal, teve convulsões e foi socorrida em estado grave para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, onde ficou internada na UTI.

MaisPB