ONG SOS Animais Abandonados pede ajuda a população de São Bento para se manter

159

foto: Janilda com os animais

A vontade de mudar o cenário de abandono e descaso e o amor incondicional pelos animais, fez com que um pequeno grupo de voluntários criasse a Organização Não Governamental (ONG) SOS Animais Abandonados, na cidade de São Bento, no sertão paraibano.

A ONG se mantém através de doações de alimentos, medicações e materiais diversos para cuidar gatos e cães abandonados na cidade, além do trabalho voluntário para o manuseio dos bichos e limpeza do local. Porém, apesar do voluntariado, a ONG vem enfrentando muitas dificuldades, principalmente com a falta de recursos financeiros, visto que os animais precisam de comida, vacinas e demais cuidados diários.

Janilda Fernandes é uma das voluntárias e falou ao portal São Bento em Foco, qual foi o principal motivo da criação da ONG. “Além do amor que temos pelos bichinhos, a maior causa foi a época das chuvas, pois já cuidávamos de gatos abandonados embaixo da ponte antes de fundar a ONG, e vimos que eles não sobreviveriam ao inverno”, falou.

Como o número de animais abandonados e que sofrem maus tratos ainda é muito grande no município, Janilda relata que quase todos os dias aumenta o número de animais no local. “Algumas pessoas abandonam vários animais aqui, tanto gatos como cães, na maioria das vezes gatinhos recém-nascidos sem ainda nem abrir os olhos e o pior de tudo sem a mãe”, disse Janilda.

O local que a ONG está funcionado é arrendado e a voluntária relata que foi com a ajuda de várias pessoas da cidade, como também a prefeitura, vereadores, comerciantes, etc. “O valor do arrendamento é de R$ 2.500,00 por ano e não tínhamos como conseguir esse dinheiro se não fosse a contribuição de várias pessoas”, falou.

Recentemente, a vereadora Márcia Roberta (PMDB), enviou um requerimento solicitando a doação de um terreno para a SOS Animais Abandonados.

De acordo com Janilda, todos os dias vários animais morrem por falta de cuidados médicos. “Devido à quantidade de animais aglomerados, começou a surgir muitas doenças, como sarna, gripe, cinomose, etc. A falta de espaço para dividir os doentes dos sadios também é uma das nossas preocupações. Os cães juntos com os gatos filhotes também acarretam muitas mortes, pois cachorros têm mais força, e eles brincando acabam matando os filhotes”, disse.

Outro fator relevante é a ausência de ajuda profissional de maneira voluntária. “Uma das maiores necessidades da ONG atualmente, é o atendimento de um médico veterinário. Não temos condições de arcar com essa despesa”, relata Janilda.

Como ajudar ONG SOS Animais Abandonados?

As ONGs enfrentam um grande problema: a falta de recursos para continuar o trabalho. Portanto, se você quer abraçar a causa animal, veja como é possível ajudar fazendo doações.

Você pode contribuir financeiramente com projetos e ações da SOS Animais Abandonados:

SOS ANIMAIS ABANDONADOS
Agência: 1134 – 7
Conta Corrente: 25.273 – 5
CNPJ: 30.428.297/0001-51

Voluntariar-se:
A ONG precisa de voluntários para qualquer processo, seja de acolhimento ou cuidados com os animais. Então, mesmo que você só possa um dia na semana, ou algumas horas, já será de grande importância para a instituição.

Adotar:
Existem muitos gatos e cães abandonados e sem um lar. Adotar um pet é salvar uma vida! Mas para isso, é preciso ter consciência das responsabilidades que esse ato implica.

Fornecer um lar provisório:
Caso não possa acolher um animalzinho permanentemente, você pode abriga-lo por tempo determinado, enquanto ela aguarda a adoção.

Apadrinhar um bichinho:
Se você quer ajudar um animal, mas não tem como abriga-lo e fornecer amor e carinho todos os dias, você pode torna-se um padrinho e ajudar com contribuição mensal, para cobrir os gastos com o Pet.

Ajudar e acolher animais abandonados não é uma tarefa fácil, e a ONG SOS Animais Abandonados precisa de todo o suporte necessário, faça sua contribuição e salve a vida desses animais.

Mais São Bento com São Bento em foco

Essa matéria já foi vista 316