Polícia age rápido e prende autor confesso de crime cometido contra militar de Pernambuco

106

O popular identificado por Francielio Lima Vital confirmou ter sido ele o autor da morte da policial Aline Ribeiro de Araújo.

“Branco”, como é popularmente conhecido, foi preso na tarde desta quarta-feira (12/09) por uma equipe policial de Pernambuco, de posse de um mandado. A ação também contou com o apoio de agentes de Pombal.

O suspeito do homicídio, acontecido na cidade de Tuparetama (PE), disse na presença de autoridades que a motivação para o ato criminoso foi o fato de ele não aceitar o fim do relacionamento.

Na última terça-feira (11/09), mesma data em que o corpo da militar foi encontrado sem vida, ele na condição de suspeito chegou a prestar depoimento na Delegacia de Polícia Civil da cidade onde o fato aconteceu negando qualquer participação, sendo após a oitiva liberado.

A estratégia da polícia era aguardar a expedição do mandado de prisão que estava em curso, para então prendê-lo, o que foi feito pela justiça da comarca resultando ainda em flagrante delito.

Familiares confirmaram a reportagem que a situação entre os dois era bastante conturbada, e que o ex-marido de Aline era violento e agressivo e já respondia por crime incurso na Lei Maria da Penha.

O acusado revelou também que desferiu disparos contra a vítima com a própria arma dela.

A prisão aconteceu na sua residência, localizada no Bairro Nova Vida, endereço que a polícia também localizou o instrumento do crime.

Francielio Lima Vital foi recambiado ao vizinho de estado de Pernambuco onde permanecerá a disposição da justiça aguardando julgamento.

Já o corpo da PM foi sepultado no final da tarde de ontem no cemitério Nossa Senhora do Carmo. Muita gente, entre familiares e amigos, participou do cortejo.

Redação – Portal Liberdade PB

ESSA MATÉRIA JÁ FOI VISTA 307