Polícia Militar e Civil prendem dois suspeitos de envolvimento na morte de mototaxista em São Mamede (PB)

53

Policiais pertencentes a 4ª companhia da PM de Santa Luzia com apoio do GTE de Patos (Grupo Tático Especial) da Polícia Civil conseguiu desvendar o crime ocorrido neste domingo 10/2 em São Mamede contra o mototaxista Jomácio Ramos, que tinha 37 anos.

Foram presos Marcondes Henrique de Lucena e João Barbosa da Silva, o “Majoca”. O primeiro, residente e domiciliado na zona rural daquele município, Sítio Encruzilhada Barra do Rio, e o segundo na Rua Santos Dumont, em São Mamede.

De acordo com informações do tenente Anselmo Duarte, comandante da 4ª Cia Santa Luzia, os dois são réus confessos, porém eles são acusados de dar apenas apoio logístico a mais duas pessoas envolvidas no crime que estão foragidas. Os dois foragidos são conhecidos por “Chôquita e Léo”.

Segundo o comandante, Marcondes foi quem monitorou os passos da vítima para repassar as informações aos dois autores materiais do delito. Já João Barbosa (Majoca) deu apenas o apoio logístico aos dois criminosos.

A polícia garantiu que é questão de tempo a prisão dos outros dois envolvidos no assassinato do mototaxista em São Mamede.

Marcondes e Majoca serão enviados ao presídio Romero Nóbrega, em Patos, tão logo sejam tomadas às medidas cabíveis.

 

A vítima, Jomácio Ramos, tinha 37 anos

PORTAL PATOS

ESSA MATÉRIA JÁ FOI VISTA 3376