Possibilidade de fechamento do Samu de Patos preocupa população. Prefeito eleito diz que tentará impedir. Escute

112

A possibilidade de fechamento do Serviço Móvel de Urgência – Samu de Patos está deixando a população preocupada. Na tarde desta terça-feira (25/10), quando a Rádio Espinharas levou ao ar a fala do prefeito eleito, Dinaldinho (PSDB), na qual ele lamenta a situação do órgão e levanta essa possibilidade, vários ouvintes ligaram para emissora preocupados com o fato.

O assunto foi abordado em uma entrevista coletiva realizada no final da manhã desta terça-feira, na Associação Comercial e Industrial de Patos. Em contato com a imprensa, Dinaldinho disse que a preocupação existe, é real, e que uma auditoria do Ministério da Saúde feita em 2014, mostrou várias irregularidades. Ele explicou que tais irregularidades não foram sanadas pelos governos de Francisca Motta e Lenildo Morais, isso implicará em um possível corte de verba por parte do Ministério, o que poderá ocasionar já agora em novembro o fechamento do órgão.

O novo gestor de Patos disse que está trabalhando já em Brasília e em outras áreas para que isso não aconteça, e que esse importante instrumento de atendimento ao povo possa continuar funcionando.

Escute o trecho da entrevista no qual Dinaldinho faz referência a esse assunto:

 

 

Patosonline.com

Áudio – Higo de Figueiredo (Rádio Espinharas)