Travestir diz a Policia que Warley não pagou o programa sexual

254

A Polícia Civil prendeu na manhã desta terça-feira (30), em Cabedelo, uma travesti suspeita de tentativa de homicídio contra o ex-jogador e gerente de futebol do Botafogo-PB Warley. Conforme o delegado Diego Garcia, a suspeita estava com o celular do jogador no momento em que foi presa.

A travesti Victor Coelho, 26 anos, foi transferida para a Central de Polícia, onde prestará depoimento. Em entrevista à TV Arapuan, a travesti afirmou ter sido contratada para um programa sexual com o ex-jogador no valor de R$ 80, que não teria sido pago. Ela negou ter assaltado Warley, mas admitiu que houve uma luta entre os dois dentro do carro provocada pelo ex-jogador.

“Não roubei ninguém, ele apenas contratou um serviço e não pagou”, disse. Segundo a travesti, a arma utilizada no crime pertencia ao ex-jogador. Ao Rádio Verdade, o delegado afirmou que há versões conflitantes para o crime.

Warley foi atingido por duas facadas, na madrugada de sexta-feira, no bairro de Manaíra. Ele sustenta que foi vítima de um assalto que culminou na tentativa de homicídio. O ex-jogador permanece internado em um hospital particular da Capital.

MaisPB

ESSA MATÉRIA JÁ FOI VISTA 214