VÍDEO: Homem assassinado em Cajazeiras usava nome falso para fugir da Justiça e de inimigos, revela PM

449

Por Jocivan Pinheiro

18/12/2017 às 22h34

O homem que foi assassinado na manhã desta segunda-feira (18) em Cajazeiras estava foragido do presídio da cidade de Sousa e usava nome falso para se esconder da Justiça e de inimigos.

Essas informações foram repassadas à nossa reportagem pelo tenente Joserley, da Polícia Militar de Cajazeiras. Ainda segundo ele, a vítima se chama Francinaldo Gadelha de Sousa, é natural da cidade do Lastro-PB e não de João Pessoa, como havíamos informado anteriormente.

VEJA TAMBÉM: Delegado fala sobre morte de empresário de Sousa e afirma que companheira prestará depoimento

Francinaldo foi assassinado a tiros

Francinaldo respondia por crimes de latrocínio e furtos cometidos no Rio Grande do Norte. Ele cumpria pena em Sousa, mas quebrou o albergue ao não retornar. Para não ser pego, veio para Cajazeiras, onde trabalhava como catador de lixo usando documentos de outra pessoa.

Ainda de acordo com informações do tenente Joserley, Francinaldo já teria sido vítima de uma tentativa de homicídio em Sousa, provavelmente a mando da mesma pessoa que conseguiu executá-lo hoje em Cajazeiras.

DIÁRIO DO SERTÃO

ESSA MATÉRIA JÁ FOI VISTA 478