Jurandir da Prensa
Homicídio

Jovem é morta a tiros na noite de terça-feira (26) e ex-namorado da vítima é preso acusado do crime Por

Jovem é morta a tiros na noite de terça-feira (26) e ex-namorado da vítima é preso acusado do crime Por

27/05/2020 12h24
Por: Mais São Bento
586

Uma mulher de 19 anos foi morta a tiros na noite de terça-feira (26) na zona rural de Queimadas, no Agreste da Paraíba. De acordo com a Polícia Civil, o principal suspeito de cometer o crime é o ex-namorado da vítima e a motivação seria não aceitar a gravidez da jovem.

 

 

De acordo com a polícia, a vítima estava na casa que morava com os tios, no sítio Capoeiras, por volta das 20h30, quando o suspeito chegou e efetuou os disparos. Após o crime ele fugiu do local.

 

 

A Polícia Civil informou que, segundo relato da tia da vítima, ela estaria grávida do suspeito e essa seria a motivação do crime, já que ele não aceitava a gravidez da vítima. 

 

 

Jovem é preso em Queimadas após matar mulher grávida para não assumir filho

Um homem de 19 anos foi preso, na madrugada desta quarta-feira (27), suspeito de matar uma mulher grávida para não assumir o filho. O caso ocorreu no Sítio Capoeiras, zona rural de Queimadas, Agreste paraibano, vitimando a jovem Michele Alves da Silva Veloso, de 19 anos.

O feminicídio aconteceu na noite dessa terça-feira (26) e o suspeito foi preso em flagrante, poucas horas depois pela Polícia Civil da Paraíba, por meio do Grupo Tático Especial/Núcleo de Homicídios da 12ª Delegacia Seccional de Esperança.

De acordo com informações do delegado Cristiano Santana, a vítima foi morta com vários disparos de arma de fogo. “Segundo as testemunhas, o crime teria sido motivado pela recusa do autor em assumir o filho que a vítima estava esperando”, relatou.

O suspeito foi autuado na sede da Delegacia de Queimadas e ficará à disposição da Justiça local.

Polícia Civil de Queimadas/PB age rápido e prende autor de ...

G1PB / Clickpb

Essa matéria já foi vista 334

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.