Jurandir da Prensa
Justiça

17 ex-gestores do Médio Piranhas aparecem na lista dos “Fichas-Sujas” do Tribunal de Contas; CONFIRA

17 ex-gestores do Médio Piranhas aparecem na lista dos “Fichas-Sujas” do Tribunal de Contas; CONFIRA

03/09/2020 09h26
Por: Mais São Bento
Fonte: Blog do Naldo Silva
2.100

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) encaminhou à justiça eleitoral a lista dos gestores que tiveram contas reprovadas pela Corte nos últimos oito anos e que podem considerados inelegíveis para o pleito deste ano.

Conforme a Lei Complementar 135/2010 (Lei da Ficha Limpa), ficam impedidos de disputar a eleição políticos condenados pela justiça comum ou que tiveram suas contas reprovadas nos oito anos seguintes à decisão.

Levantamento realizado pelo Blog do Naldo Silva mostra que na região do Médio Piranhas – que engloba os municípios polarizados por Pombal, Catolé do Rocha e São Bento – em apenas quatro cidades não há ex-gestores na relação do TCE: Pombal, São Domingos, Brejo do Cruz e Mato Grosso.

O maior número de imputações é contra o ex-prefeito de Lagoa, Magno Dêmys de Oliveira Borges, que teve seis contas reprovadas e está inelegível até 2028.

Ainda figuram na lista os ex-prefeitos de São Bentinho, Francisco Andrade Carreiro (Chico Damião, até 2022);  e de Paulista, Severino Pereira Dantas, até 2027.

Na região de Pombal, também aparecem na relação as ex-secretárias de saúde de São Bentinho, Anne Karoline Xavier Trigueiro (que teve duas contas rejeitadas), e de Cajazeirinhas, Sancha Luíza Queiroga de Sousa, com uma reprovação.

Na região de Catolé do Rocha, estão inelegíveis os ex-prefeitos de Jericó, Claudeeide de Oliveira Melo (até 2027); de Riacho dos Cavalos, Sebastião Pereira Primo (até 2022); de Catolé do Rocha, Edvaldo Caetano da Silva (até 2023); de Bom Sucesso, Ivaldo Washington de Lima (até 2025) e Gilson Cavalcante de Oliveira (até 2022); de Brejo dos Santos, Luiz Vieira de Almeida (até 2027); de Riacho dos Cavalos, Joaquim Hugo Vieira Carneiro (até 2028); de São Bento, Jaci Severino de Souza (até 2024) e Gemilton Souza da Silva (até 2026); de São José do Brejo do Cruz, Aldineide Saraiva de Oliveira (até 2025), e de Belém de Brejo do Cruz, Germano Lacerda da Cunha (até 2024).

Ainda estão na mesma situação o ex-presidente da Câmara municipal de Belém de Brejo do Cruz, José Forte da Cunha (até 2022).

Blog do Naldo Silva

Essa matéria já foi vista 839

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.