Jurandir da Prensa
Politica

Sucessão municipal 2020: em Brejo do Cruz, jovem médico ameaça hegemonia do atual prefeito

Sucessão municipal 2020: em Brejo do Cruz, jovem médico ameaça hegemonia do atual prefeito

25/09/2020 13h03
Por: Mais São Bento
Fonte: Wescom
831

Desde 2004, os moradores da cidade de Brejo do Cruz, cidade com cerca de 14 mil habitantes, no Sertão da Paraíba, não sabem o que é alternância de poder. Liderado pelo atual prefeito, Francisco Dutra Sobrinho, conhecido como Barão, o grupo político que ocupa o Executivo Municipal domina com mão de ferro o eleitorado. Agora, após 16 anos, esse “império” está prestes a ruir pelo surgimento da candidatura do cardiologista Tales Torricelli.

O perfil do médico, chamado pelos conterrâneos de Doutor Tales, é exatamente o oposto do de Barão. Enquanto o atual prefeito responde a diversos processos, inclusive na esfera penal, e está na lista de inelegíveis do Tribunal de Contas da União (TCU), o jovem de 32 anos é um estreante na política.

QUADRO PROBLEMÁTICO – Com contas rejeitadas e problemas com a Justiça, Barão corre o risco de ter a sua candidatura impugnada – observadores locais acreditam que, isso acontecendo, a cabeça de chapa será ocupada pela ex-prefeita Ana Dutra, que governou o município entre 2013 e 2016, justamente como sucessora de Barão, que está em seu terceiro mandato (2005-2008, 2009-2012 e 2017-2020).

Malgrado as pendências de Barão com as autoridades e órgãos de controle, Doutor Tales é reverenciado por onde anda, em especial por jovens e idosos. Tímido e reservado, o jovem médico se transforma em um arrojado prestador de serviços à comunidade quando o assunto é saúde.

QUEM É DR.TALES – Desde os tempos de faculdade, Tales promove atendimentos gratuitos à população de Brejo do Cruz, uma das cidades mais pobres da Paraíba, com indicadores sociais sofríveis – a taxa de pessoal empregado equivale a apenas cerca de 7% da população, quase 35% dos domicílios não são atendidos por rede de esgotamento sanitário e somente 1% das vias públicas são urbanizadas, segundo dados do Ibge.

Nos últimos anos, Brejo do Cruz, um dos municípios mais antigos da região, perdeu terreno para os vizinhos. A atividade do fabrico de redes, tradicional na cidade, definha, enquanto outros concorrentes próximos crescem a cada ano, atraindo escolas técnicas e instituições de ensino superior. Resultado: ou o jovem sai de Brejo do Cruz ou está condenado a viver em subempregos ou depender do assistencialismo oficial.

O QUE PENSA – O médico tem ideias ousadas para a cidade, em especial nas áreas de educação, esporte, lazer e economia, sem falar da saúde, claro. No plano de governo registrado no Tribunal Regional Eleitoral, constam propostas como a criação de um complexo para incentivar a formação de atletas olímpicos, a implantação de coletiva seletiva e usina de compostagem e fechamento do lixão para dar lugar a um aterro sanitário, a implementação de disciplinas como robótica e informática na rede municipal de ensino e o estímulo aos redeiros com a atração de organismos como o Sebrae de modo a dar à tradicional atividade o impulso de que precisa.

O avanço de Tales, em especial nas redes sociais e no contato com o povo, está incomodando Barão. São vários os casos de ataques a eleitores que declararam voto no jovem opositor. Áudios de WhatsApp circulam na cidade com xingamentos e ameaças contra pessoas pró-Tales.

Não é demais afirmar que Brejo do Cruz está diante da mais importante eleição das últimas décadas. A população vai escolher entre dois projetos antagônicos: o futuro planejado e pensado no coletivo ou a manutenção de um passado oligárquico e de práticas controversas. No dia 15 de novembro, as urnas eletrônicas darão a resposta.

 
wescom 
Essa matéria já foi vista 488
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.