Jurandir da Prensa
Política

Em debate, Galego Souza apresenta propostas para São Bento e faz grave denúncia acusando Jarques de ligação com empresas investigadas na Operação Famintos

Em debate, Galego Souza apresenta propostas para São Bento e faz grave denúncia acusando Jarques de ligação com empresas investigadas na Operação Famintos

17/10/2020 05h38
Por: Mais São Bento
741

O candidato a prefeito de São Bento, Galego Souza (Progressistas), participou na noite desta quinta-feira (15), do primeiro debate com os prefeitáveis do município, realizado pela TV rede Cidade e transmitido ao Vivo pelo Youtube, com mediação de Allan Santiago.

Galego Souza aproveitou a oportunidade para falar da sua trajetória política e pontuou o desenvolvimento que São Bento conquistou durante os dois mandatos em que foi prefeito, além de todos os recursos e ações realizadas no município através da sua iniciativa enquanto deputado estadual.

O candidato ainda apresentou as propostas que, ao lado da sua vice-prefeita, Juréia Lúcio, realizará em São Bento nas áreas da Saúde, Educação, abastecimento de água, Mobilidade, entre outras melhorias.

Galego Souza também ressaltou os problemas vivenciados pelos são-bentenses por conta da gestão precária desenvolvida pelo atual prefeito Jarques Lúcio, sobretudo no que diz respeito à Educação e Saúde que estão abandonadas no município.

O que me faz vir aqui novamente é o chamado popular. Eu como filho de São Bento, nascido e criado aqui nesta terra, tenho um grande trabalho como gestor público por duas vezes nesse município, então eu não poderia deixar de atender ao chamado da maioria das famílias mais simples do nosso município, famílias que clamam por mais Saúde, por mais Educação, por um medicamento, por um exame mais urgente, por uma cirurgia. São Bento sabe o que fiz quando fui gestor e conhece o meu trabalho hoje como deputado estadual. Eu tenho amor por esta terra, por esta cidade e por este povo e é por isso que aqui estou para disputar mais uma eleição na certeza de me eleger prefeito mais uma vez” declarou.

Abastecimento de Água – Galego acrescentou que uma das maiores dificuldades da população do município é procurar pelo prefeito e não achar, não tendo a quem recorrer para a resolução das inúmeras demandas que a cidade possui. Ele destacou ainda que comunidades como a do São Bentinho sequer tem água na torneira, uma das promessas de campanha de Jarques Lúcio nas últimas eleições e que ele não cumpriu.

“O prefeito fez uma mídia tão grande com o açude da Acauã e na época estava destinado 4 milhões para aquele açude e foi usado 2,7 milhões. O açude foi construído quase pela metade e eu queria saber onde estão os outros dois milhões porque não foi colocado naquele barreiro que dá pra andar a pé. Também queria saber quais são as comunidades que vão ser abastecidas com a água daquele açude porque na campanha passada foi dito por ele que em seis meses a água estaria na torneira da comunidade do São Bentinho e até hoje nada e a população não tem a quem recorrer pois São Bento não tem um prefeito presente. O povo procura um prefeito e não acha” disse.

Grave denúncia – Galego também fez uma grave denúncia contra a gestão municipal, revelando que Jarques Lúcio realizou contratos com empresários envolvidos na Operação Famintos, que desbaratou um esquema de fraudes em verbas de merenda na Paraíba, e além disso teve boletos de um carro de sua propriedade pagos com recursos da merenda escolar por um dos empresários envolvidos no esquema.

“Encontrei um documento que me deixou surpreso. Pergunto ao atual prefeito se ele conhece a empresa Santa Maria Comércio de Alimentos. Essa empresa vendeu para São Bento em 2018 mais de 1 milhão. Pergunto se ele conhece o dono dessa empresa Raimundo Aldemar Fonseca Pires. Qual a intimidade que você tem com ele já que este pagou um boleto de uma prestação de um carro seu no valor de R$ 8.413,07? Será que esse rapaz te ofertou essa quantia sem te conhecer, sem saber quem era? Ou será que você autorizou com os recursos da merenda escolar no valor de mais de um milhão? Será que você acha que isso é normal? Você vai ser preso, esse problema é sério. Eu vou levantar toda essa documentação, essa é apenas uma das parcelas, tem mais três que você pagou com recursos da Educação somando mais de 33 mil reais, será que isso não é corrupção? ” denunciou, afirmando que irá procurar o Ministério Público para que apure a ligação de Jarques com os empresários da Famintos.

Mobilidade urbana – Voltando para a apresentação do seu programa de governo e defendendo o fortalecimento e aprimoramento da mobilidade urbana, Galego destacou que em seu plano de governo há o projeto da duplicação da avenida Pedro Eulâmpio, saída de São Bento para Brejo do Cruz estruturando a avenida com pistas para ciclistas para que não haja acidente e também dê condição a todos os são-bentenses de praticar caminhadas com segurança.

“No meu projeto de governo vou sinalizar todas as ruas de São Bento e asfaltar as principais ruas. Fazer a duplicação da saída de São Bento para Brejo do Cruz que conta com um grande fluxo, além de ser utilizada para a pratica esportiva com ciclismo e caminhada, irei estruturar a avenida para dar mais segurança aos são-bentenses” disse.

Em suas considerações finais Galego Souza parabenizou a TV Rede Cidade pela iniciativa, além de parabenizar os professores pelo seu dia e os redeiros do município pela sua luta e trabalho. Ele também reafirmou que sua candidatura se opõe ao modelo de gestão atual, mas que sua maneira de fazer política é com respeito e humildade, como em todas as áreas da sua vida, propondo um novo olhar e um novo jeito de cuidar da cidade e das pessoas.

São Bento precisa de um prefeito presente, precisa acabar com a farra das corrupções. São Bento precisa valorizar os recursos públicos deste município investindo em ações de desenvolvimento. Vamos nos ajudar a desconstruir esse império que aí está” concluiu.

Blog do ninja 

Essa matéria já foi vista 638

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.