Domingo, 18 de Abril de 2021
00 00000-0000
Polícia Policial

Baleado no abdômen, filho de homem assassinado em Jericó-PB não resiste e morre em hospital de Patos

Baleado no abdômen, filho de homem assassinado em Jericó-PB não resiste e morre em hospital de Patos

29/03/2021 17h54
865
Por: Mais São Bento
 Baleado no abdômen, filho de homem assassinado em Jericó-PB não resiste e morre em hospital de Patos

O garotinho Pedro Thales Soares de Araújo Júnior, de apenas 1 ano e dois meses de idade, não resistiu aos ferimentos à bala e morreu no início da tarde desta segunda-feira (29) na UTI do Hospital Infantil de Patos, Sertão paraibano. O menino sofreu um tiro no abdômen na noite anterior na zona rural do município de Jericó, região de Catolé do Rocha.

De acordo com a Polícia Militar, dois homens armados e ocupando uma motocicleta efetuaram vários disparos de arma de fogo e mataram o pintor e ex-presidiário sousense Pedro Soares de Araújo, de 31 anos de idade, mais conhecido como “Pedrinho”, pai do garotinho. Na ocasião a mãe de Pedro Júnior terminou sendo atingida com dois disparos. Maria de Fátima de Sousa, de 24 anos, sofreu um tiro na perna direita e outro no braço esquerdo.

Ainda segundo a PM, “Pedrinho” morreu na hora e o corpo foi encaminhado ao NUMOL do IML de Patos para realização de exame cadavérico. A mulher encontra-se internada em estado estável no Hospital Regional de Patos.

Os corpos do pai e do filho serão sepultados nesta tarde no Cemitério Público de Jericó.

Pedro Soares respondia pela prática de delitos cometidos na região de Sousa e nos últimos meses teria se mudado para Jericó. Em um dos processos, o de número 0000328-89.2020.8.15.0371, o réu havia sido denunciado pelo Ministério Público pelo crime de furto praticado no início do ano de 2020. Ele também respondia por um crime de de homicídio cometido no ano de 2013. Todos na comarca de Sousa, sua cidade natal.

BLOG DO LEVI

 

 

Essa matéria já foi vista 599

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.