Segunda, 10 de Maio de 2021
00 00000-0000
Polícia Prisão

Filho de prefeito de cidade do interior do RN é preso com 2 fuzis, pistolas, munições e drogas

Filho de prefeito de cidade do interior do RN é preso com 2 fuzis, pistolas, munições e drogas

24/04/2021 05h21
617
Por: Mais São Bento
Filho de prefeito de cidade do interior do RN é preso com 2 fuzis, pistolas, munições e drogas

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado – DEICOR, com apoio da DEPATRI/PCPE E SERES/PE, deflagraram uma operação na manhã de hoje (23/04/2021), com o objetivo de apreender armas de grosso calibre e munições que seriam utilizados em um resgate de presos em um presídio aqui do RN.

Foram presos MIGUEL CABRAL NASSER FILHO, vulgo “Miguelzinho”, natural de Natal/RN, nascido em 17/01/1994, e FRANCISCO FELIX DA SILVA, vulgo “Chico Veio”*, natural de São Pedro do Potengi/RN, nascido em 02/06/1970.

Os dois foram presos em flagrante, na cidade de São Pedro/RN, portando uma PT .40 e de posse de dois fuzis colt, de calibres 5,56, centenas de munições de vários calibre, além de drogas para consumo, balança de precisão e várias anotações. 

Com essa apreensão já somam 05 (cinco) fuzis apreendidos só este mês de abril, todos seriam utilizados nesse plano de resgate.

Miguelzinho ou “Prefeitinho” (27 anos), filho do prefeito de São Pedro do Potengi, Miguel Cabral
Chico Véio (50 anos), motorista de Miguelzinho.

A DEICOR continua com as investigações para identificar e prender todos os envolvidos nas recentes empreitadas criminosas, em especial aos que estão fazendo parte audaz plano de resgate.

 

A Polícia Civil pede para que a população continue enviando informações de forma anônima, através do disque denúncia 181, disque DEICOR (84) 3232-2862 ou ZAP DEICOR (84) 98135-6796.

Para combater o crime, a qualquer hora e em qualquer lugar, DEICOR!”

CARCARÁ SEMPRE!

Fonte/fotos: Blog do Cyrillo

Essa matéria já foi vista 443

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.