Sexta, 03 de Dezembro de 2021
00 00000-0000
Paraíba Santa Terezinha

Santa Terezinha suspende shows e impõe toque de recolher devido ao aumento de casos de Covid-19

Santa Terezinha suspende shows e impõe toque de recolher devido ao aumento de casos de Covid-19

11/11/2021 17h01
512
Por: Mais São Bento
Santa Terezinha suspende shows e impõe toque de recolher devido ao aumento de casos de Covid-19

O município de Santa Teresinha, no Sertão paraibano, decidiu apertar o cerco com as medidas restritivas por conta do aumento de casos ativos de Covid-19 na localidade nos últimos dias. Além de suspender a realização de eventos como shows e apresentações, a gestão municipal também está impondo um toque de recolher por dez dias e alteração no funcionamento de alguns serviços.

Essas restrições, de acordo com o decreto, leva em consideração o aumento de casos ativos de Covid-19 apesar dos esforços da gestão municipal, no sentido de conciliar o
funcionamento do comércio em geral e atividades de serviços. Isso tem gerado preocupação de representantes da sociedade civil e da população em geral quanto a um maior controle das atividades que possam propagar o vírus na cidade.

O decreto entrou em vigência ontem (10) e vai continuar até o dia 20 deste mês. De acordo com o documento obtido pelo ClickPB, ficam suspensas apresentações de shows ao vivo, atrações musicais, apresentações de violeiros, festas e comemorações nos ambientes de bares, restaurantes, espetinhos, pizzarias, doceiras, sorveterias, lanchonetes, quiosques, fiteiros, armarinho, áreas de lazer (zona urbana e rural), comércio em geral, bem como ambientes públicos ou particulares de acessos à população.

Sobre o toque de recolher, fica valendo das 23h às 05h do dia seguinte, período em que
só devem ocorrer deslocamentos para exercícios de atividades essenciais e
devidamente justificadas. Já em relação ao funcionamento dos comércios em geral, o decreto determina a abertura às 06h e fechamento às 23h e exigência do uso de máscara, fornecimento de álcool em 70% (gel ou líquido) e proibida a venda de bebida alcóolica após o horário.

Nesse período, a realização de missas, cultos e quaisquer cerimônias religiosas somente poderão ocorrer mediante a ocupação de, no máximo, 50% dos assentos disponíveis em ambiente interno do templo ou igreja, além da exigência de máscaras e uso de álcool 70%.

Clikpb

Essa matéria já foi vista 426

Confira outras medidas no decreto:

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.