Sexta, 03 de Dezembro de 2021
00 00000-0000
São Bento Passagem molhada

Moradores de Comunidade Rural de São Bento inauguram ponte construída por eles, por meio de doações, rifas, bingos, torneio e venda de comidas

Moradores de Comunidade Rural de São Bento inauguram ponte construída por eles, por meio de doações, rifas, bingos, torneio e venda de comidas

22/11/2021 13h53
1.208
Por: Mais São Bento Fonte: Leomarque
Moradores de Comunidade Rural de São Bento inauguram ponte construída por eles, por meio de doações, rifas, bingos, torneio e venda de comidas

 

Moradores da comunidade do Jenipapo dos Lúcios, zona rural do município de São Bento, no Sertão da Paraíba, inauguraram, no último domingo (21), uma ponte sobre o rio Piranhas, construída pelos próprios habitantes, por meio de doações de materiais de construção, dinheiro, animais que foram colocados em rifas e bingos, além da venda de comidas.

O ato inaugural aconteceu no Parque das Oiticicas, uma área de lazer, que fica próxima à ponte, onde houve a apresentação de vários artistas locais, que cantaram e comemoram o feito, que vai beneficiar moradores de 30 comunidades rurais das cidades de São Bento e Riacho dos Cavalos.

A ideia de construir a ponte, que tem 85 metros de comprimento por três e vinte centímetros de largura, surgiu da necessidade de encurtar a distância da comunidade até o perímetro urbano da cidade, diminuída em, aproximadamente, 50 % após a conclusão dos serviços.

A obra teve início no dia 05 de junho do corrente ano e foi concluída no corrente mês, com um custo de cento e oitenta mil, novecentos e oito reais e setenta e cinco centavos, provenientes de doações da sociedade civil organizada e do Poder Público Municipal, que contribuiu, também, com o fornecimento de equipamentos e mão-de-obra.

Os idealizadores da obra são: Francisco de Assis Fernandes Dutra, Edgar Moreira da Silva, José de Anchieta Assis Maia e os irmãos Adílio de Assis Nobre Cavalcante, Aurino de Assis Nobre Cavalcante e Aldair de Assis Nobre Cavalcante.

Segundo Francisco de Assis Dutra, foram utilizados 1.178 sacos de cimento na construção da ponte, 67 caçambas de pedra, 420 dias de trabalho, se considerar um operário por dia trabalhado, além de 92 horas-máquina.

Francisco acrescentou, ainda, que a comunidade do Jenipapo dos Lúcios tem 369 habitantes distribuídos em 118 famílias, que serão beneficiados, diretamente, com a construção da estrutura, a qual contemplará, também, muitos habitantes de municípios vizinhos.

Leomarque Pereira (Rádio São Bento FM).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.