Sexta, 03 de Dezembro de 2021
00 00000-0000
Polícia Prisão

AÇÃO Vídeo: Organização criminosa envolvida em assaltos e homicídio é presa em ação desencadeada pelas Polícias Civil e Militar no sertão da Paraíba

AÇÃO Vídeo: Organização criminosa envolvida em assaltos e homicídio é presa em ação desencadeada pelas Polícias Civil e Militar no sertão da Paraíba

24/11/2021 05h19
1.049
Por: Mais São Bento
AÇÃO Vídeo: Organização criminosa envolvida em assaltos e homicídio é presa em ação desencadeada pelas Polícias Civil e Militar no sertão da Paraíba

Na tarde desta terça-feira (23), agentes da 19ª Delegacia Seccional de Polícia Civil e policiais militares do 14º BPM de Sousa, desencadearam a "Operação Zoonose" que desarticulou uma organização criminosa envolvida em crimes de assaltos e homicídio em Sousa e região.

Após o roubo de um veículo praticado contra um casal de empresários após um vaquejada, roubo a uma casa lotérica e uma farmácia em Aparecida, e um homicídio praticado contra o jovem Pedro Paulo, conhecido como "Paulistinha", ocorrido no dia 3 de outubro no bairro Jardim Sorrilandia I, em Sousa, os agentes de investigação deram início as diligências, sendo possível identificar os acusados que faziam parte da organização criminosa.

O delegado responsável pelas investigações requereu junto ao Poder Judiciário sousense cinco mandados de prisão, sendo estes cumpridos no dia de hoje. Rubysmara Cristina Tavares da Silva, conhecida como “Mara” de 26 anos, foi presa em Sousa, Felipe foi preso no Distrito de São Gonçalo, sendo encontrado em sua posse uma Garrucha calibre .32 de fabricação caseira, 28 pedras de crack, 8 papelotes de cocaína, 13 trouxinhas maconha, dois aparelhos celulares e 7 frascos contendo loló.

(Material apreendido na operação)

Já no município de São José de Piranhas, os policiais efetuaram a prisão do jovem Bruno Silva de 18 anos. Foram cumpridos também mandados de prisão em desfavor de Wallison Bezerra de 21 anos, que já estava preso na capital João Pessoa e Antônio Marcos de Sousa Filho, conhecido por “Chihuahua” que já estava preso no Presídio Padrão de Cajazeiras.

(Antônio Marcos e Walisson Bezerra já estavam recolhidos no Sistema Penitenciário)

A operação foi denominada "Zoonose", tendo em vista o líder do grupo apontado como Antônio Marcos de Sousa Filho, ter o vulgo “Chihuahua” e os membros do grupo gritavam “A Tropa do Chihuahua”, após praticarem os crimes na região do Alto Sertão Paraibano.

O delegado seccional Carlos Seabra frisou que o desfecho positivo dessa operação foi possível através da união das forças de segurança (Polícia Civil, Polícia Militar e SEAP/PB), Ministério Público e Poder Judiciário.

Delegado Carlos Seabra fala sobre a Operação Zoonose:

 

Debate Paraíba 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.