Quarta, 25 de Maio de 2022
00 00000-0000
Polícia Prisão

Acusado de assassinar jovem na zona rural de Aparecida é preso pelo GOE no Estado de São Paulo

De acordo com as investigações, Matheus Raimundo é apontado como o autor do disparo de arma de fogo que atingiu a vítima nas costas

21/04/2022 11h27
889
Por: Mais São Bento
 Acusado de assassinar jovem na zona rural de Aparecida é preso pelo GOE no Estado de São Paulo

Nesta quarta-feira (20), agentes do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil de Guarulhos-SP, efetuaram a prisão de um indivíduo acusado de ter assassinado o jovem Lucas Furtado da Silva, conhecido como "Kuquinha", que tinha 17 anos, na noite do dia 30 de janeiro deste ano, durante uma tentativa de assalto no sítio Veneza, zona rural de Aparecida, interior da Paraíba.

Após o crime cometido, as investigações ocorreram por parte dos agentes do Grupo Tático Especial (GTE) da 19ª DSPC de Sousa, onde foi possível identificar os autores do crime e efetuar a prisão um homem dias atrás, acusado de ter dado o apoio logístico. 

Relembre o caso: Jovem de 17 anos morre após ser alvejado com tiro na zona rural de Aparecida; suspeitos continuam foragidos

Familiares e comunidade realizam caminhada clamando por Justiça em virtude da morte de jovem em Aparecida

Os policiais civis do GOE obtiveram informações que o investigado identificado como Matheus Raimundo da Silva, conhecido como "Matheus Mandrake" de 19 anos, estaria residindo em Guarulhos-SP, e durante as diligências, foi logrado êxito em sua prisão no dia de hoje. De acordo com as investigações, Matheus Raimundo é apontado como o autor do disparo de arma de fogo que atingiu a vítima nas costas.

Após ser capturado, o indivíduo foi conduzido à delegacia de Polícia Civil, ficando à disposição da Justiça. O preso poderá ser transferido para o Estado da Paraíba nos próximos dias para cumprir a pena.

Debate Paraíba 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.